abril, 2023

Vencendo os desafios

Por Anna Cláudia Passani Ferreira

Em todas as profissões, o crescimento na carreira, geralmente, impõe grandes desafios.  A verdade é que passamos anos aprimorando certas habilidades e dedicando horas da vida a projetos para que isso aconteça. Esse caminho é sempre complicado, mas precisamos estar disponíveis para enfrentá-los, da maneira mais assertiva possível. 

Na carreira médica, esses obstáculos, claro, também acontecem, mas de uma maneira bem particular, própria das demandas que a área exige. Dentre elas,  como citei no texto anterior,  rotinas extenuantes de  excessiva carga horária, pressões constantes, além de responsabilidade e concorrência,  conhecimento e atualização… ,  próprias da profissão.

 

  • Excessiva Carga Horária

Comum a todos os profissionais da área de saúde, um dos desafios enfrentados pelo médico é encarar a grande carga de trabalho. Em geral, o médico,  para adquirir preparo e conhecimento que demandam tempo e esforço, precisa, muitas vezes, trabalhar até altas horas, incluindo muitos plantões. Acontece que alguns não suportam essa carga e sentem um desgaste acima da média, com pouco tempo para a família e o lazer. Mesmo que tudo isso seja, ao longo dos anos, recompensador e gratificante.

 

  • Sob Pressão

A pressão está, também, na lista desses desafios enfrentados; ser médico implica conseguir viver sob pressão: são os profissionais que mais estão em constante pressão da sociedade, tendo que chegar sempre pontualmente, mostrar cordialidade, classe e transparecer integridade, além de possuir um bom e refinado vocabulário. Não que outras profissões não requeiram esse perfil, mas o médico gera uma expectativa em relação às pessoas, no geral, acima da média das outras profissões. 

Essa é uma visão, por um lado, positiva, pois só se coloca expectativa em algo que está atrelado à muito boa reputação de algo/alguém. Por outro lado, envolve uma cobrança e um rigor acima do normal. Então, é preciso estar preparado para viver sob pressão, se quiser cumprir com aptidão e bem-estar a função de médico.

 

  • Concorrência e Responsabilidade

Errar é comum e natural para todo e qualquer ser humano. Sabemos e procuramos ser tolerantes ante a questões assim. Mas, quando se fala sobre  um médico, tudo muda, pois qualquer erro, por menor que seja, fruto de uma distração ou desatenção, pode comprometer a vida de um paciente ou a sua total integridade, sendo o suficiente para colocar a perder toda uma carreira promissora de um médico talentoso. 

Como uma ciência não exata, nem tampouco uma atividade fim, mas, sim, de meio, é necessário ponderar cada tratamento, cada procedimento, objetivando evitar erros inerentes à própria resposta do ser humano. Sendo assim, se, por um lado, o desejo de ajudar as pessoas e o bom retorno financeiro que a profissão geralmente oferece motivam muitos a estudarem medicina, sonhando alto, por outro lado, isso gera uma das maiores concorrências existentes no mercado de trabalho, o que faz com que muitos desistam.

Ainda, é necessário considerar que o curso de medicina é tradicionalmente o mais concorrido em todos os vestibulares, deixando de fora a grande maioria dos que disputam uma vaga, Entrando na faculdade, são, no mínimo, seis anos, podendo chegar a oito anos ou mais. E, ¨finalmente¨, quando se consegue o diploma, começa uma nova etapa: a concorrência com aqueles que já estão no mercado, exigindo aplicação, perseverança, paciência, esforço…

 

  • Atualização e Conhecimento 

Se ao longo da carreira, mesmo depois de já estabelecido, o médico não deve simplesmente parar de buscar novas formas de aprender e se qualificar, quais seriam os três principais motivos que ressaltam a importância da atualização médica em sua formação?

-Competitividade do mercado

– Necessidade de aprendizado constante

– Maior foco em especializações que se desejar

 

É necessário não perder de vista, jamais, a certeza de que a medicina é diretamente afetada pelos avanços tecnológicos, fato que ronda a área desde as últimas décadas do século passado, a partir da sempre evidente necessidade da constante atualização no conhecimento e na prática médicas. 

Incansavelmente, posto está que a ciência trabalha na busca por novos tratamentos, medicamentos, no mapeamento de novas doenças e no desenvolvimento de novos equipamentos. E a atualização médica é um dos pré-requisitos nessa profissão. Sendo assim, o objetivo a partir  desse “novo conhecimento” é o de  contribuir, diretamente, também para o tratamento dos pacientes, por isso é fundamental a atualização para a carreira médica.

Conhecimento, atualização… são essenciais para se manter em um mercado que muda constantemente. Pense nisso! 

 

Abraço!

Acesse nossas pós-graduações

× Fale com nosso time pelo whatsapp